A Advocacia é um segmento bastante saturado e, em decorrência, tornou-se um verdadeiro desafio diferenciar-se. Por isso, optar por desenvolver um Plano de marketing para escritórios de Advocacia é uma atividade tão fundamental para manter a sustentabilidade de um negócio.

Para desenhar um plano de marketing para Advocacia é necessário conhecer a fundo o seu mercado de atuação, buscar características do público e da concorrência, compreender onde quer chegar e o que precisa ser feito para que isso aconteça. A partir disso, o seu escritório terá ainda mais chances de obter resultados incríveis.

Veja a seguir como fazer um plano de marketing para escritórios de Advocacia e aplique essas dicas para potencializar as suas iniciativas!

1º Passo | Qual o cenário atual da sua empresa?

Comece avaliando cada atividade realizada em seu escritório e procure observar possíveis problemas ou processos que poderiam ser melhorados. Analise questões como:

  • Recursos financeiros (investimentos e capital de giro)
  • Recursos humanos (qualidade e quantidade)
  • Recursos materiais (estrutura física, equipamentos e fornecedores)
  • Sistemas de informação e pesquisas (coleta e gestão de dados)
  • Serviços oferecidos (volume, qualidade e atributos tangíveis e intangíveis)
  • Comunicação mercadológica (ações, resultados e potencialidades)

2º Passo | Qual o perfil dos seus clientes?

Conhecer o seu público será a fundamental para desenvolver um Plano de marketing para Advocacia sob medida. Para isso, faça um exercício e responda as seguintes questões:

  • Qual o perfil do público (sexo, faixa etária, principais problemas etc)?
  • Como chegam até o seu escritório?
  • Quais vantagens e diferenciais do seu escritório?

3º Passo | Quais são seus pontos fortes e fracos e, também, suas oportunidades e ameaças?

Após analisar todas as frentes do seu escritório e conhecer o seu público, o próximo passo é se certificar de que você tem clareza sobre o que faz bem e o que precisa ser melhorado, bem como quais aspectos precisam ser acompanhados de perto para garantir que aproveite oportunidades ou minimize possíveis impactos. Seja cauteloso(a) e continue anotando todas as observações.

  • Forças (análise interna): Qual o diferencial do seu escritório?

Tente identificar o que o seu escritório faz de melhor, quais são os seus diferenciais e tudo mais que puder ser considerado uma vantagem competitiva.

  • Fraquezas (análise interna): Em que você precisa melhorar?

Avalie os feedbacks de seus clientes e equipe e comece a registrar o que pode ser melhorado no que diz respeito a atendimento, infraestrutura ou, ainda, recursos financeiros para investir em um bom plano de marketing para Advocacia, por exemplo.

  • Oportunidades (análise externa): Quais são oportunidades do mercado?

Faça pesquisas e visite feiras focadas na sua área de atuação para estar sempre antenado(a) às possíveis oportunidades do mercado.

  • Ameaças (análise externa): O que pode impactar negativamente o seu escritório?

Como resultado de suas pesquisas, você, certamente, encontrará algumas ameaças. Seja a entrada de um escritório com uma proposta inovadora, uma crise econômica ou, ainda, a ausência de profissionais e parcerias capacitadas.

4º Passo | Onde a sua empresa deseja chegar?

Assim como o segmento médico, na maioria dos casos, a advocacia também é vista como uma “demanda negativa”, afinal, as pessoas costumam buscar essa assistência apenas quando e se estiverem com algum problema.

Com isso em mente, defina quais objetivos irão guiar as ações do seu escritório e mantenha como foco o bom relacionamento com os seus clientes reais e potenciais. Você verá que, quando conseguir criar vínculos com o seu público, essa barreira sumirá com tranquilidade.

5º Passo | Quais as metas preliminares que permitirão alcançar os objetivos?

Com os objetivos bem definidos, é importante que você distribua em pequenas metas que facilitarão a execução e o acompanhamento dos seus resultados.

Esta é uma dica bastante importante, inclusive, para manter-se empenhado(a), afinal, para que os seus objetivos sejam cumpridos, será necessário conquistar vitórias menores. Além disso, estabeleça prazos claros e factíveis.

Veja a um exemplo prático: imagine que um dos objetivos do plano de marketing do seu escritório seja divulga-lo no mercado local. Dessa forma, suas metas preliminares poderiam ser:

  • Criar canais de comunicação (site, redes sociais, email etc) em 2 meses
  • Selecionar e fazer parcerias com escritórios de atuação complementar em 4 meses
  • Ir a eventos focados na sua área de atuação nos próximos 3 meses

Legal, com essas dicas iniciais você já consegue começar a traçar um plano de marketing para o seu escritório de Advocacia. Mas, se deseja contar com profissionais experientes, entre em contato com a Conceito Ideal. Confira a seguir alguns resultados conquistados:

Cases de Advocacia

Então, vamos começar a trabalhar?

QUERO GERAR RESULTADOS AGORA!

 

Quer saber mais sobre Marketing para Advocacia?

Leia os artigos:
Como fidelizar os clientes de Escritórios de Advocacia?
Dicas de marketing para Escritórios de Advocacia
Publicidade barata para Escritório de Advocacia
Marketing para Escritórios de Advocacia Capital x Interior

Sobre a Conceito Ideal

A Conceito Ideal é uma agência de comunicação que se diferencia no mercado por planejar e executar ações de marketing com foco em resultados reais. Com nosso trabalho de desenvolvimento de sites, SEO (Otimização) e estratégias que envolvem produção de conteúdos, link building e redes sociais, já posicionamos mais de 50.000 palavras-chave na 1a página de pesquisas do Google para nossos clientes ao longo dos anos.

Somos parte do Google Partners – um Programa que certifica agências para gerenciar Campanhas de Links Patrocinados Google Adwords. Além dos serviços de criação de marcas, identidades visuais, anúncios e materiais impressos, prestamos consultorias para negócios de diferentes nichos de mercado.

Conheça nosso trabalho. Assim você terá mais informações e poderá tomar decisões corretas na contratação de qualquer serviço de comunicação.

A primeira consultoria é grátis*.

*As consultorias grátis duram 1h e são realizadas por Skype. Os atendimentos serão feitos conforme disponibilidade da agenda dos consultores.
Confira as regras de consultoria antes de solicita-la.