O novo coronavírus trouxe um cenário de instabilidade e as empresas se viram obrigadas a rever seus modelos de negócios ou de operações e adaptá-los à nova realidade. No entanto, diante da necessidade de reorganizar seus processos internos e da insegurança com as possibilidades futuras, a Conceito Ideal aponta dicas importantíssimas de como planejar o marketing durante crises, afinal, houve um aumento do consumo digital e as empresas precisam criar novas rotas e rever suas estratégias para manter uma comunicação ativa, assertiva e próxima do público. Confira as dicas a seguir:

# 01. Entenda o seu contexto

Além de adotar medidas para manter a segurança de seus colaboradores e a manutenção de suas operações, a empresa deve ter clareza sobre o contexto ao qual está inserida, compreender as expectativas do seu público, identificar como a sua solução resolve os problemas das pessoas, verificar as iniciativas adotas pela concorrência e estabelecer um posicionamento de marca adequado. Para isso, a dica é levantar questões estratégicas, como:

  • Por que o seu produto é importante? Quais os atributos tangíveis e intangíveis?
  • Quem são os seus consumidores e o que esperam da sua solução?
  • Em quais canais os clientes estão?
  • É possível ter uma entrega ou experiência alternativa dentro do seu negócio?
  • Quem são os principais concorrentes e quais ações estão sendo adotadas?

# 02. Repense as estratégias de marketing

O público está observando como as empresas estão se posicionando na crise. Por isso, apesar de ser necessário cautela e empatia para adotar medidas de comunicação, o momento é de repensar suas estratégias de marketing e apostar no relacionamento com os consumidores e no posicionamento de marca para se manter relevante. Nesse sentido, uma alternativa bastante interessante é avaliar a situação dos famosos 4 Ps – produto, preço, praça e promoção – para, a partir disso, avaliar os próximos passos.

# 03. Esteja onde o seu cliente está

Dando continuidade à dica anterior, note que a intensidade e a frequência em que as pessoas utilizam a internet nessa crise só aumenta. Portanto, considere os novos hábitos dos consumidores dentro de casa e aproveite para se aproximar do seu cliente usando, por exemplo, as mídias digitais com mais assiduidade.

Esteja presente nos canais onde os consumidores estão e invista na promoção de produtos de que as pessoas de fato estejam precisando e que geram maior demanda. Além disso, certifique-se da sua capacidade operacional de entregar de distribuição para garantir a entrega de seu produto.

# 04. Cuide da sua base de clientes

Você já deve ter ouvido falar que conquistar um cliente novo é mais caro do que manter, certo? Pois bem, lembre-se de considerar em seu planejamento de marketing para períodos de crise o desenho detalhado das ações de pós-venda e fidelização. Muitas vezes, pequenas atitudes ajudam a estabelecer um vínculo de confiança e fidelidade e isso fará toda a diferença no seu faturamento.

# 05. Dê preferência a estratégias de curto prazo

Devido à instabilidade inerente ao período e às constantes mudanças, uma dica importante é planejar estratégias de curto prazo, de um a três meses, pois nesse intervalo a empresa provavelmente sofrerá os maiores impactos da crise e terá que validar ou reavaliar as rotas com mais frequência.

# 06. Mensure os resultados

Independentemente da estratégia adotada, avalie constantemente os resultados para identificar o que gera lucro e deve receber maior atenção. Lembre-se: com uma avaliação criteriosa é possível otimizar os investimentos, conhecer as preferências do público e embasar a elaboração do planejamento de marketing do próximo ciclo.

Quer saber mais sobre como planejar o marketing durante crises?

Entre em contato com a equipe da Conceito Ideal, uma agência de comunicação que se diferencia no mercado por planejar e executar ações de marketing com foco em resultados reais. Com nosso trabalho de desenvolvimento de sites, SEO (Otimização) e estratégias que envolvem produção de conteúdo, link building e redes sociais, já posicionamos mais de 50.000 palavras-chave na 1ª página de pesquisas do Google para nossos clientes ao longo dos anos.

Somos parte do Google Partners – um Programa que certifica agências para gerenciar Campanhas de Links Patrocinados Google Adwords. Além dos serviços de criação de marcas, identidades visuais, anúncios e materiais impressos, prestamos consultorias para negócios de diferentes nichos de mercado.

Conheça nosso trabalho. Assim você terá mais informações e poderá tomar decisões corretas na contratação de qualquer serviço de comunicação.

Aproveite, a primeira consultoria é grátis.

A primeira consultoria é grátis*.
*As consultorias grátis duram 1h e são realizadas por Skype, Google Hangouts ou WhatsApp Vídeo. Os atendimentos serão feitos conforme disponibilidade da agenda dos consultores.
*Confira as regras de consultoria antes de solicita-la.