Em um contexto digital no qual inúmeras empresas fazem malabarismos para conquistar a atenção dos consumidores, o Branded Content surge como uma solução cada vez mais interessante. Flexível e adaptável, essa estratégia visa a criação e a transmissão de um conteúdo que integra informação, entretenimento e, de maneira muito sutil, aspectos relacionados à marca.

O Branded Content direciona esforços para envolver e engajar a audiência em uma narrativa intrigante e altamente relevante, sem qualquer pretensão de vender ou convencer as pessoas de tomarem uma ação. Dessa maneira, a linguagem persuasiva empregada em técnicas de copywriting e call to action é descartada, abrindo espaço para um diálogo mais intimista e completamente voltado ao interesse do público. De modo quase imperceptível, é estabelecida uma conexão entre a marca e a audiência.

A finalidade de vender – produto, serviço ou ideia – ainda fica a cargo da propaganda, da publicidade e do marketing de conteúdo, por exemplo, que, cada um à sua maneira, busca exercer uma influência direta na decisão de compra, conduzindo o consumidor por todos os passos, desde a descoberta da solução, até a compra efetivamente.

Por outro lado, o Branded Content é o conteúdo a ser consumido, apresentado sob a perspectiva de quem o consome. Um exemplo clássico de sua aplicação é a campanha “Real Beleza” da Dove, pois com bastante sensibilidade colocava as mulheres em um papel de incômodo e surpresa, estimulando-as a fazer uma autorreflexão sobre o quanto eram rígidas com elas mesmas. Ao assistir o vídeo, observe que em momento algum a marca foi evidenciada, mas a repercussão foi tamanha que todos sabiam quem havia promovido.

Assim, os termos leveza, relevância e qualidade podem ser considerados os principais aspectos a serem levados em consideração ao desenvolver um conteúdo centrado no Branded Content. Diferentemente da publicidade, o Branded Content entretém espontaneamente os consumidores com algo que ele está realmente disposto a consumir. Esse tipo de conteúdo promove engajamento espontâneo e natural, fortalecendo o posicionamento e a lembrança da marca diante dos consumidores.

Para implementar essa estratégia, o primeiro passo é descobrir quem é o público e a persona e quais assuntos são de maior relevância e mais propícios a serem compartilhados. Em seguida, deve-se considerar os valores e o posicionamento da companhia para definir a mensagem a ser transmitida, além de compreender quais canais de mídia – TV, cinema, blogs, redes sociais, jornais, revistas, rádios, Youtube, etc. – comportam o formato de conteúdo pretendido – texto, música, games, vídeos, etc. – e buscar benchmarkings de sucesso e insucesso. Tanto os canais quanto os formatos podem convergir para aumentar o poder de propagação.

E então, gostou e quer implementar o branded content no marketing da sua empresa?

Entre em contato com a equipe da Conceito Ideal, uma agência de comunicação que se diferencia no mercado por planejar e executar ações de marketing com foco em resultados reais. Com nosso trabalho de desenvolvimento de sites, SEO (Otimização) e estratégias que envolvem produção de conteúdo, link building e redes sociais, já posicionamos mais de 50.000 palavras-chave na 1ª página de pesquisas do Google para nossos clientes ao longo dos anos.

Somos parte do Google Partners – um Programa que certifica agências para gerenciar Campanhas de Links Patrocinados Google Adwords. Além dos serviços de criação de marcas, identidades visuais, anúncios e materiais impressos, prestamos consultorias para negócios de diferentes nichos de mercado.

Conheça nosso trabalho. Assim você terá mais informações e poderá tomar decisões corretas na contratação de qualquer serviço de comunicação.

Aproveite, a primeira consultoria é grátis.

A primeira consultoria é grátis*.
*As consultorias grátis duram 1h e são realizadas por Skype, Google Hangouts ou WhatsApp Vídeo. Os atendimentos serão feitos conforme disponibilidade da agenda dos consultores.
*Confira as regras de consultoria antes de solicita-la.