Os avanços tecnológicos e, especialmente, a comercialização da Internet permitiram que as pessoas tivessem acesso às informações com mais facilidade. Nesse novo contexto, os consumidores comparam, buscam e expressam recomendações e almejam experiências diferenciadas durante os processos de compra, a entrega, o uso de produtos e serviços e o atendimento pós-venda, independentemente do ambiente (on-line ou off-line) ou dispositivo utilizado.

Contudo, mais recentemente, o mobile vem transformando completamente a experiência desses consumidores com a marca e o produto. Por isso, as estratégias antes elaboradas para o desktop que contavam com usuários passivos, possivelmente, já deixaram de ser eficientes e, em decorrência disso, as empresas precisam revisitar suas definições para se adequarem a essa nova realidade.

Dessa maneira, o conceito de User Experience, ou UX, tornou-se ainda mais indispensável, seja qual for o porte ou segmento de atuação. Portanto, confira conosco mais detalhes sobre o que é User Experience e como aplicá-lo o quanto antes no seu negócio. Acompanhe!

O que é User Experience (UX)?

O termo User Experience, ou UX, criado por Donald Norman na década de 1990, consiste na experiência do consumidor ao usar um produto ou serviço, isto é, diz respeito à percepção do usuário quanto ao saldo resultante das experiências positivas e negativas obtidas com determinado bem.

O objetivo principal ao aplicar o UX deve ser o de criar experiências únicas e diferenciadas, aptas à fidelizar os clientes e construir a reputação da marca. Por isso, a análise e a compreensão das necessidades, expectativas, hábitos e rotinas dos usuários de interesse deve ser um exercício constante.

Como aplicar o User Experience (UX) no seu negócio?

Sabendo que o foco do UX é projetar produtos e serviços a partir das necessidades apresentadas pelo usuário, para aplicá-lo em seu negócio, o primeiro passo é começar compreendendo com clareza quem são os usuários, o que esperam, quais são suas experiências com o bem oferecido e se há intenção de usá-lo novamente.

Em seguida, deve-se observar a atuação dos concorrentes no mercado, buscando identificar no que se diferem da sua empresa e quais aspectos podem fazer com que os usuários os prefiram.

Entendidos esses pontos, é importante saber que, com os smartphones imprimindo maior mobilidade aos usuários, o contexto ao qual estão inseridos torna-se fundamental e determinante para a definição das estratégias mais adequadas para cada caso. Daí a importância de compreender a fundo o ambiente de atuação.

Agilidade, facilidade e segurança são alguns dos critérios mais exigidos pelos usuários no processo de compra. Assim, se você tem um e-commerce, por exemplo, deve estar atento(a) ao layout do site, à disposição e clareza das informações, ao tempo de carregamento das páginas, às cores de destaque, bem como à segurança das transações e dos dados.

Qualquer um desses quesitos podem ser o gatilho para a evasão do usuário e, consequentemente, a perda de uma conversão, uma oportunidade de venda. Por essa razão, a experiência do usuário é determinante.

Lembre-se que para que o User Experience cumpra com o seu objetivo, toda a jornada do consumidor deve ser muito bem planejada, desde o primeiro contato até quando o cliente precisar de suporte após a compra.

Para aqueles que ainda estão no início dessa implementação, a dica da Conceito Ideal é iniciar pelo básico e aos poucos ir aprimorando. Anote a seguir algumas dicas de como aplicar o UX no seu negócio:

1. Mapeie as características do seu público

Conforme mencionado, o primeiro passo para planejar a experiência do usuário é conhecendo suas necessidades e desejos. Sendo assim, a dica inicial para aplicar User Experience no seu negócio é elaborar suas personas a partir de pesquisas e feedbacks dos clientes a fim de possibilitar a visualização das características, dificuldades e singularidades do público ao qual o produto ou serviço se destina. O resultado são soluções muito mais adequadas!

2. Garanta um interface simples e usual

Priorizar por uma interface simples, intuitiva, clara e explicativa é uma questão importante na implementação do conceito de User Experience. Além de conhecer profundamente o público de interesse, as empresas precisam se concentrar no design de suas soluções para garantir não apenas uma estética impecável, mas, principalmente, uma melhor usabilidade e adequação para o mobile. Concentre-se em identificar possíveis problemas na interface da sua solução, corrija-os e veja como isso influencia na satisfação dos consumidores!

3. Simplifique o cadastro

Quando se falar em User Experience cada detalhe deve ser mapeado. Nesse sentido, outro fator que deve ser observado é como a complexidade exigida pela sua empresa para a conclusão de um cadastro antes da compra. Formulários muito complexos podem fazer os consumidores desistirem da compra e, assim, reduzir as chances de conversão. Quanto mais fácil e rápido, melhor!

4. Faça testes regularmente

Realizar testes após uma atualização, lançamento ou mesmo eventualmente, é fundamental para validar a experiência do usuário. Quando feito de maneira regular, é possível corrigir problemas com maior agilidade e, assim, evitar frustrações ou perda de potenciais clientes. No caso de um site, por exemplo, recomenda-se fazer um teste simples para avaliar, dentre outros aspectos, a adequação ao mobile. Inclua os testes em suas rotinas de trabalho e aproveite para fazer melhorias contínuas!

E então, gostou e deseja contar com uma equipe especializada para auxiliar o seu negócio a melhorar a experiência dos seus consumidores e, assim, potencializar os seus rendimentos?

Entre em contato com a equipe da Conceito Ideal, uma agência de comunicação que se diferencia no mercado por planejar e executar ações de marketing com foco em resultados reais. Com nosso trabalho de desenvolvimento de sites, SEO (Otimização) e estratégias que envolvem produção de conteúdo, link building e redes sociais, já posicionamos mais de 50.000 palavras-chave na 1ª página de pesquisas do Google para nossos clientes ao longo dos anos.

Somos parte do Google Partners – um Programa que certifica agências para gerenciar Campanhas de Links Patrocinados Google Adwords. Além dos serviços de criação de marcas, identidades visuais, anúncios e materiais impressos, prestamos consultorias para negócios de diferentes nichos de mercado.

Conheça nosso trabalho. Assim você terá mais informações e poderá tomar decisões corretas na contratação de qualquer serviço de comunicação.

Aproveite, a primeira consultoria é grátis.

A primeira consultoria é grátis*.
*As consultorias grátis duram 1h e são realizadas por Skype, Google Hangouts ou WhatsApp Vídeo. Os atendimentos serão feitos conforme disponibilidade da agenda dos consultores.
*Confira as regras de consultoria antes de solicita-la.